TRATAMENTOS E CREMES PARA CELULITES.

Eliminação de celulite a vácuo (vacuoterapia)

O que é: ativa a circulação sangüínea local, ajudando a dissipar os nódulos gordurosos que ocasionam os furinhos.
Como é feito: um aparelho faz pressão e sucção sobre a pele, deslocando os nódulos. "O vácuo do aparelho provoca uma vasodilatação, favorecendo a circulação sangüínea da região e, ao mesmo tempo, realiza um bombeamento dos gânglios para impulsionar a corrente linfática, eliminando os resíduos", esclarece a esteticista Wilma de Souza, da Maison Payot (SP).
Resultados: são bastante visíveis a partir da oitava ou nona sessão com diminuição de até 70% em todos os graus de comprometimento.
Pós-procedimento: é um pouco dolorido. Nas primeiras vezes pode surgir alguns hematomas, que desaparecem em poucos dias.
Preço médio por sessão: R$ 80. São necessárias cerca de 12 sessões para grau I e II, e 20 para os casos III e IV, quando as depressões são mais severas. Após o término é indicada uma sessão mensal.
agulhadas que resolvem (carbodrenagem)
FOTOS: SÍMBOLO IMAGENS E DIVULGAÇÃOO que é: aparelho que utiliza gás carbônico para dissolver os nódulos de gordura associada à drenagem linfática manual.
Como é feita: por meio de uma agulha é injetado gás carbônico medicinal no tecido celular subcutâneo. "O gás promove a vasodilatação e aumento do fluxo sangüíneo, ativando a circulação", avisa o angiologista e cirurgião vascular, Edson Neves, da Clínica Belas Pernas (RJ). Onde há acúmulo de células gordurosas, o efeito mecânico destrói a gordura. Logo após as injeções do gás é realizada uma drenagem linfática manual. "Ela ativa o retorno venoso e a circulação linfática, estimulando a reabsorção de líquidos e a drenagem das toxinas", completa a especialista em Medicina Estética, Adriane Ferrarese, do Time To Spa (SP).
Resultados: pele mais enrijecida e redução do mau aspecto a partir da quarta sessão. No final do tratamento, nota-se benefícios de até 80% nos casos mais graves e 90% nos superficiais.
Pós-procedimento: podem surgir algumas manchas arroxeadas, que somem em uma semana. 
Preço médio por sessão: R$ 160. São fundamentais de 5 a 20 sessões, uma a duas vezes por semana. Prescreve-se a repetição passados seis meses.
laser potente (triactive)
O que é: combina o laser diodo (que rompe a gordura e resfria a área) e a endermoterapia (drenagem linfática) que juntos, facilitam a circulação sanguínea local.
Como é feito: o primeiro passo é abrir os gânglios linfáticos, através do estímulo em áreas como pubiana e axilar. Logo após, aplica-se o laser de diodo de baixa freqüência, que quebra as células gordurosas. Em seguida, uma ponteira do aparelho resfria a região. Logo após é feita uma drenagem linfática, com a intenção de destruir a gordura e o excesso de líquido por meio das fezes e da urina.
Resultados: começam a ser notados a partir da quinta ou sexta sessão. "Expulsa a celulite grau I e II e favorece o aspecto nos casos mais graves em até 70%", assegura o dermatologista Jardis Volpe, da Clínica Volpe (SP).
Pós-procedimento: indolor. A pele fica com leve aparência avermelhada alguns minutos depois.
Preço médio por sessão: R$ 180. São indicadas de 10 a 15 sessões, duas vezes por semana. Depois dessa fase é necessária uma sessão quinzenal.
FOTOS: SÍMBOLO IMAGENS E DIVULGAÇÃO
Rompendo os nódulos (sonoionoforese)
O que é: ultra-som vibratório que facilita a entrada de substâncias na derme e ativa a circulação sangüínea, rompendo os nódulos de gordura existentes na área da aplicação.
Como é feito: 
primeiro é aplicada uma emulsão com fosfatidilcolina, que quebra as células de gordura. "Em seguida o aparelho faz um suave aquecimento local, abrindo os poros para entrada da substância. A vibração estimula a circulação sangüínea", diz a esteticista Ana Flor Picolo, do Empório da Estética (SP). Ao final, uma massagem que drena e modela, ajudando a expulsão dos resíduos pela urina.
Resultados: a partir da terceira sessão. Diminui em um grau a celulite. Por exemplo, se a pessoa tem grau III ela passa para o II, e assim por diante.
Pós-procedimento: sem dor. Apenas ocorre uma leve vermelhidão alguns minutos após a intervenção.
Preço médio por sessão: R$ 70. É preciso de 5 a 10 sessões, duas vezes por semana. Após o tratamento, a manutenção deve ser feita duas vezes por semana.

luz infravermelha nelas (Infracel)



O que é: aparelho que emite luz infravermelha e potencializa em cerca de 40% o efeito dos cremes e massagens para tratamento dos furinhos indesejáveis.
Como é feito: a luz infravermelha jogada sobre a pele por 20 minutos, intensifica a produção de enzimas antioxidantes, neutraliza os efeitos dos radicais livres e tonifica. "Além disso, pelo seu alto poder de estimular a penetração dos ativos na pele, beneficia a redução das células de gordura e melhora a circulação sangüínea", afirma a esteticista Wilma de Souza, da Maison Payot (SP). Ele também colabora na eliminação das toxinas e impurezas (pela urina).
Resultados: cerca de 60% em todos os casos. É visível os resultados após a décima sessão.
Pós-procedimento: indolor. A região fica aquecida e levemente rosada logo depois da aplicação.
Preço médio por sessão: R$ 48. São necessárias de 10 a 15 sessões, de duas a três vezes semanais. A manutenção deve ser feita uma vez por mês.


FOTOS: SÍMBOLO IMAGENS E DIVULGAÇÃO


1. Sérum corporal anti-celulite Ciclos d'Racco. R$ 60
2. Nivea Body Bye-Bye Celulite. R$ 28,60
3. Dermatic effects, Nu Skin. R$ 100
4. Creme para Celulite Celulan, Pharmaervas. R$ 30
5. PerfectSlim Noite, L´Oréal Paris. R$ 80
6. Slim Control Biomarine, Pro Life. R$ 96
7. Creme Redutor, Payot Profissional. R$ 85
8. Cellu-Sculpt Gel Creme Redutor de Celulite e Medida, Avon. R$ 50




Postar um comentário