DEPRESSÃO DOENÇA OU FRESCURA ??

                                                 OLÁ GALERA !!!

Oiiiii Galera Linda,hoje vamos falar de um assunto em que muitas pessoas já sabem,e estão antenadas do que é a DEPRESSÃO !!!
Porém muitas pessoas ainda resistem em acreditar que a Depressão seja realmente uma doença.
E como já foi muito dito na Internet e meios de comunicação,a doença do seculo.
Quero deixar claro que mu objetivo aqui,é ajudar aquele que necessita,seja de um esclarecimento ou mesmo de um apoio,caso esteja passando por essa Doença.
Existem muitas coisas que talvez muitas pessoas achem banais e sem sentido,pessoas que chegam a Depressão por tal situação. Mais temos que deixar a Ignorância de lado e o preconceito,e ao invés de criticar,estender as mãos; Pois com certeza quem tem a Depressão não escolhe ter.
Com certeza vc mesmo já teve,ou conhece alguém,ou alguns que já tiveram ou tem essa Doença.
Vamos conhecer e saber um pouco mais deste mau,que na Realidade começa,silenciosamente na maioria das pessoas.

O QUE REALMENTE É A DEPRESSÃO:

depressão é um distúrbio afetivo que acompanha a humanidade ao longo de sua história.
depressão caracteriza-se como uma doença em que ocorrem desequilíbrios químicos dos chamados neurotransmissores. Afeta mais de 350 milhões de pessoas de todas as idades, gêneros e etnias, de acordo com a Organização Mundial de Saúde.
Depressão é uma doença psiquiátrica, crônica e recorrente, que produz uma alteração do humor caracterizada por uma tristeza profunda, sem fim, associada a sentimentos de dor, amargura, desencanto, desesperança, baixa auto estima e culpa, assim como a distúrbios do sono e do apetite.
Caracteriza-se por um estado em que o humor fica deprimido, melancólico, "para baixo".
O indivíduo sente angústia, ansiedade, desânimo, falta de energia e, sobretudo, uma tristeza profunda. 

Às vezes tédio e apatia sem fim. No mundo inteiro, a depressão atinge um número cada vez maior de pessoas, e dentre todos os distúrbios psiquiátricos, ela ocupa o terceiro lugar em prevalência. 
A depressão pode vir ou estar relacionada,principalmente com o Estado Emocional,como " Perda de algo ou alguém,separação,Luto,divorcio,desemprego,auto-estima, Bullying,humilhação,depreciação entre outros.


COMO SE IDENTIFICA ?

A base para o diagnóstico é a detecção da associação de sintomas depressivos com sintomas de estados ansiosos. O indivíduo passa a apresentar uma angústia intensa, não consegue ficar quieto, caminha de um lado para o outro, desespera-se. Esses são os mais comuns sintomas ansiosos. Associam-se a estes os sintomas orgânicos verificados nos estados ansiosos, tais como tremores, cansaço fácil, sensação de falta de ar ou asfixia, batedeira no peito ou coração acelerado, suor excessivo, mãos frias e suadas, boca seca, tonteira, ânsia de vômitos, diarréia, desconforto abdominal, ondas de calor, calafrios, micção freqüente, dificuldade para engolir, sensação de “bolo na garganta”, dentre outros.

As manifestações depressivas mais freqüentes são a tristeza excessiva, melancolia, choro fácil ou freqüente, apatia e indiferença com as coisas (ex: “tanto faz como tanto fez”), sensação de falta de sentimento, de tédio, aborrecimento crônico, maior irritabilidade especialmente com situações corriqueiras que usualmente não incomodavam a pessoas (ex: ruídos, vozes, pessoas), desespero, desesperança.
Abaixo situações além das citadas acima que podem sim,indicar que você,ou alguém que conheça talvez esteja neste Estado Depressivo:
• Humor depressivo ou irritabilidade, ansiedade.
• Desânimo, cansaço mental, dificuldade de concentração, esquecimento; 
• Incapacidade de sentir alegria e prazer em atividades que antes da depressão eram agradáveis; 
• Tendência ao isolamento tanto social como familiar; 
• Apatia, desinteresse, falta de motivação; 
• Falta de vontade, indecisão; 
• Sentimentos de medo, insegurança, desespero, vazio; 
• Pessimismo, ideias de culpa, baixa autoestima, falta de sentido na vida, inutilidade, fracasso;
• Ideias de morte e até suicídio; 
• Dores e outros sintomas físicos geralmente não justificados por outros problemas médicos, tais como, cefaleias, sintomas gastrintestinais, dores pelo corpo, pressão no peito; 
• Alterações do apetite; 
• Redução da libido, insônia ou aumento do sono.
COMO DIFERENCIAR A TRISTEZA NORMAL COM A DEPRESSÃO ?

A pessoa deprimida percebe que seus sentimentos diferem de uma tristeza anteriormente sentida. Na depressão grave, ela se isola, perde o interesse por tudo. Algumas pessoas procuram ocupar-se ao máximo para distrair-se e afastar o mal-estar sentido. Podem ficar mal-humorados, sempre insatisfeitos com tudo. Lutam contra a depressão sem saber que sofrem dessa doença. Essa luta lhes rouba a pouca energia que lhes sobra. Com isso, ficam piores, mais irritados e impacientes. 
QUAL A IDADE PARA TER DEPRESSÃO ?
Sinto muito em dizer a todos vocês,que depressão é uma doença que não corresponde a Idade; Isso significa que ela apropriadamente não tem idade para surgir na Vida de alguém. Tanto crianças,adolescentes e adultos ou Idosos,podem a qualquer momento da vida,por diversos fatores Emocional,físico ou até mesmo Espiritual podem sim ter essa Doença Instalada na vida daqueles que você ama,ou até mesmo em sua vida.
RISCOS E AS CONSEQUÊNCIAS DA DEPRESSÃO
Podem ser apontados alguns mais importantes: 
• Perda do emprego; 
• Problemas no relacionamento conjugal e familiar; 
• Risco de adquirir doenças cardíacas; 
• Suicídio. 
TRATAMENTO:
O tratamento mais indicado atualmente para a depressão é uma combinação de medicamentos antidepressivos e psicoterapia, realizada por psicólogos e psiquiatras.


FAMÍLIA E A IMPORTÂNCIA NO TRATAMENTO DO PACIENTE:

Na verdade, a família é atingida como um todo quando um de seus membros apresenta depressão. E não é raro que surjam dificuldades entre a pessoa deprimida e o seu cônjuge, seus filhos e seus próprios pais.
O surgimento de pensamentos negativos, a tristeza e a falta de esperança podem, inclusive, retardar o tratamento. Nesse sentido, a família pode incentivar a pessoa, acompanhá-la nas consultas e conscientizá-la de que os resultados podem demorar algum tempo, mas que serão positivos. 
A família deve saber que a depressão não surge por culpa da pessoa e que observar os sintomas, discutir as emoções e as dificuldades do deprimido pode ajudar muito no tratamento. A evolução e a recuperação do indivíduo deprimido dependem muito do apoio e compreensão de seus familiares. 
O QUE VOCE DEVE FAZER PARA AJUDAR ALGUÉM COM TEM DEPRESSÃO:
Em primeiro lugar realmente identificar se é depressão,indo com essa pessoa ao especialista para ser avaliado.
Em segundo lugar tendo paciência e muito amor,com seu próximo,tentando se colocar no lugar da pessoa acometida pela doença.
Em terceiro lugar passando a pessoa a certeza da cura,com  otimismo e Fé,esperança e muito Amor.
CONCLUSÃO:
Não despreze,ou aponte os dedos ou Julgue a pessoa que está precisando de tratamento,amor e compreensão.
Hoje pode ser esse seu familiar,amigo,conhecido,vizinho; Amanhã pode ser você.
Lembre-se sempre:
NÃO FAÇA AOS OUTROS,O QUE NÃO GOSTARIA QUE FIZESSEM COM VOCÊ !!!!
 Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor. ( 1 Coríntios  13,13 )
O Senhor não olha para as coisas que o homem olha, o homem vê a aparência, mas o Senhor olha o coração. (1 Samuel 16:07 )
CRIS OLIVEIRA

Postar um comentário