A-NOVA-TENDENCIA-PARA-O-VERÃO-IMPLANTE-DE-BUMBUM




A técnica de implante de glúteos, até pouco tempo um desejo praticamente único das mulheres jovens, vem sendo cada vez mais  procurada por homens e mulheres de todas as idades que desejam formas mais curvilíneas
A moda do implante de glúteos e de técnicas de escultura corporal como a Lipoescultura está atraindo milhares de seguidores pelo mundo, graças às influências de celebridades como Jennifer Lopez, Beyoncé Knowles e Kylie Minogue que se submeteram a estas ou outras formas de otimização de contorno anatômico.
Aumento da confiança
No Brasil não é diferente. De acordo com Esmail Safaddine, diretor do Centro Avançado de Cirurgia Plástica Estética, com unidades em São Paulo e Foz do Iguaçu, este ano, houve um forte aumento na procura por este tipo de cirurgia entre adolescentes e adultos jovens no Brasil. “À medida em que mais pessoas vão fazendo o implante com sucesso, maior é o nível de confiança das demais pessoas em relação ao processo e o conseqüente aumento de interessados”, afirma Safaddine.
Segundo ele, está crescendo também o número de homens (principalmente executivos e estudantes) que buscam tratamentos para melhorar o contorno das nádegas, a exemplo do já ocorrido em relação aos implantes mamários que já há algum tempo deixaram de ser um privilégio feminino.
Evolução rápida
As técnicas e procedimentos também evoluem rapidamente. Além do implante de silicone mamário, procedimentos como próteses de glúteo ganham cada vez mais eficiência e vão se tornando mais acessíveis para pessoas de todas as classes.
De acordo com o cirurgião Safaddine, “é muito comum encontrarmos pessoas insatisfeitas com o tamanho e a aparência das nádegas, principalmente num país como o Brasil, onde esta parte da anatomia é tida como essencial para o jogo da sedução ou para a autoconfiança corporal.
Em casos assim, explica ele, indica-se a inserção de implantes de silicone, desde que tal procedimento aconteça com critério médico e uma boa dose de bom-senso.
Procedimento simples
O procedimento de implante é simples. A partir de uma incisão entre os glúteos, de apenas 5 cm, a prótese (que pode variar muito de volume e possui dois formatos, sendo oval e redonda) é cuidadosamente colocada em baixo do músculo maior, que protege todo o volume e possibilita um resultado mais natural.
A cicatriz é quase imperceptível, e no caso de um fim de semana na praia, ninguém vai perceber que aquele bumbum impecável tem uma pequena marquinha em baixo do biquíni ou sunga.
A lipoescultura, que vem ganhando cada vez mais espaço no gosto de brasileiros e estrangeiros, é especialmente recomendada para aquelas pessoas que desejam remodelar mais de uma parte do corpo ao mesmo tempo (cintura, seios e glúteos, por exemplo).
Sua vantagem está em utilizar o próprio excesso de gordura retirado de qualquer parte do corpo para realizar o preenchimento de membros que estão abaixo do volume desejável.  Na avaliação de Safaddine, a cuidadosa avaliação médica é ainda mais exigida para este tipo de procedimento.
Segundo uma divulgação do IBOPE, encomendada pela coordenação do XI Simpósio Internacional de Cirurgia Plástica, no ano de 2009 foram realizadas 443.145 cirurgias estéticas no Brasil. Apesar de serem bem menos populares que os implantes nos seios, as próteses para o bumbum estão caindo no gosto dos brasileiros, numerando 7.771 procedimentos em mulheres e 320 em homens. O número é quase duas vezes maior que o registrado na pesquisa do ano anterior.
SERVIÇO:
Mais informações podem ser obtidas através do e-mail contato@esmailsafaddi.com.br
Postar um comentário