AUTO-ESTIMA-DA-MULHER-LEIA


Como anda a auto-estima da mulher nos dias de hoje?

Isso é bastante categórico, porque não muitas pessoas que falam de auto-estima, quando falam de uma boa auto-estima as pessoas pensam assim ‘ah mulheres lindas , bem posicionadas, inteligentes, que tem uma auto-estima maravilhosa’ aquelas que dizem assim ah você eu quero, você eu não quero’ e podem fazer aquela coisa de ‘minha mãe mandou eu escolher esse homem aqui, ou esse emprego aqui’. Pois é , um grande engano isso, eu costumo brincar que eu posso fazer um outro negocio que não seja esse de psicóloga, e abrir um negocio de manequins e modelos a partir do meu consultório. Porque as mulheres que eu atendo, normalmente são mulheres muito lindas extremamente inteligentes, e muito bem formadas, e com problemas graves de auto-estima. 

O que acontece com elas, por que isso?
Quanto maior, a beleza, maior a capacidade de aprendizado, quanto maior a inteligência da mulher especificamente , quanto maior o cargo que ela ocupa na sociedade, maior é a exigência que ela tem com ela mesma. A mulher é impiedosa com ela, pode perceber, entre as suas amigas,as pessoas que você conhece, olhe aquela suas amigas lindas , perfeitas, ela sempre ta precisando perde 10kg. ‘nossa eu to enorme, eu preciso perde 10kg’, aí ela faz uma apresentação seja do que for na área dela, e faz uma apresentação perfeitamente bem, mas aconteceu que, tinha um pingo de chuva onde não devia ter, ‘não aquele pingo estrago tudo, eu sou uma miséria, eu sou uma desgraça’ ela fica muito fixada no que ela faz de errado, não o que ela faz de certo, e isso deixa ela com um problema bem grave de auto-estima nas mulheres,porque a mulher por si só ela é um ser insatisfeito, de falta. A mulher é um ser de falta. Ela sempre está precisando, ela nem sabe do que, mas sabe que está precisando. 

Quais são os maiores medos das mulheres nos dias de hoje?
Olha, eu vou conversar um pouco por classe. As mulheres casadas, bem posicionadas, que tem uma família pra sustentar digamos assim, porque a maioria das vezes as mulheres hoje, são à base da família, quase que como o todo, a base emocional, a base financeira. Elas têm muito medo de perder o emprego, medo de perder a posição , de não conseguir ser uma boa profissional, uma boa mãe, e uma boa mulher, porque é isso que elas exigem de si. Então elas tem tanto medo de perder essas coisas todas, que elas esquecem da existência delas, que é o fundamento para que todas as outras coisas existam, então esse é o medo da mulher casada, com filhos, e bem posicionada. A mulher mais jovem, que ainda não é casada, que não tem um relacionamento fixo, o medo dela é de não conseguir uma relação.
O maior medo da mulher  que ainda não tem uma relação, é de não conseguir uma relação, e da mulher que já tem uma relação, é de perder essa relação, seja com o marido, com os filhos, com o trabalho. E as mulheres que ainda querem esse casamento , essa relação, que por incrível que pareça esse ainda é o centro da vida da mulher, seja ela qual for. Ela tem muito medo de não ter essa relação , e o segundo medo, que tem uma relação , mas ainda não se casou, não é uma relação estável, é de não ter uma outra relação nunca mais na vida, elas não terminam essa relação, por mais doentia, por mais patológica, por mais tudo de ruim que seja, elas sempre falam ‘eu tenho medo de ficar sozinha’,’eu tenho medo que depois dele, ninguém mais me queira’é essa fala que se escuta, então esse é um medo.
Pras mulheres mais jovens, adolescentes, o medo maior delas, é de ficar gorda, é impressionante ainda a quantidade de anorexia e bulimia que vem nos consultórios, e a quantidade de depressão pesada mesmo que se tem. Elas têm muito medo de ficar gorda, ficar gorda é a morte pra elas, e são todas muito magras, e todas se vêem enormes, e por isso em termos de alimentação se revela claramente o medo de comer. Seja o que for.

Quais são as características de baixa auto-estima, e o que causa a baixa- estima?
Isso também é uma coisa da nossa criação, da maneira que a gente guarda o valor que o outro dá pra gente. O valor que o outro diz dar pra você, por que pode perceber, se você for ver dentro de uma realidade , nua e crua, quanto melhor você é, mais criticado você é, e menos elogiada você é também , porque as pessoas têm medo de você, elas têm medo de gente forte, elas tem medo de gente forte, e de pessoa competente. Então o que elas faze, essa historia de tirar aguinha da planta , é uma forma de te enfraquecer.
Então se você tem uma visão do real, e uma visão de você, uma visão real de você, que você sabe que fez bem aquilo, que você é legal naquilo que você faz, você presta muita atenção em elogios, porque eles podem ser bastante falsos , e presta muita atenção também nas criticas , e ignora as duas coisas. Pra você conseguir chegar em algum lugar com substancia, não pode ser preso nem por elogios e nem por criticas, porque tanto um como o outro, tem uma falsidade enorme dentro deles.
Os elogios, vem muito com a brincadeira do teu ego, daquela coisa de ‘te alisar’, e ‘nossa realmente eu sou maravilhosa’ e se esquece de melhorar.  As criticas, elas vem te dizendo ‘olha você não é bom o suficiente’ ai você começa incessantemente o anseio de procurar ser melhor, aí você acaba ultrapassando os limites da coerência. Porque tudo que é exagero, muito ao céu, ou muito a terra, ele te faz mal.
Então é pra você ter um principio de como você está se saindo, você precisa fazer um equilíbrio dessas duas coisas, procurar melhorar sempre, mas sempre com um equilíbrio de vida mesmo. Porque são muito poucas as pessoas, que vão ser honestas com você de dizer; “você foi muito bem , mas poderia ter melhorado nesse ponto, quem sabe fazendo assim, ou assim”, está é a típica critica construtiva. É muito fácil, alguém falar algo de uma coisa pronta, está tudo pronto, daí é fácil de dizer. Como você faz pra reconhecer um critica honesta, quando tem uma opinião concreta.
 

FONTE:  transamerica.tv.br/
Postar um comentário