9 TIPOS DE MULHERES QUE OS HOMENS EVITAM

        OLÁ QUERIDOS
Hoje vou mudar um pouco o assunto de cosméticos,aqui no meu Blog vcs sabem que gosto de falar de tudo um pouco,sobre nós mulheres e um pouco dos homens,cosméticos,novidades,etc,tudo que vcs que me acompanham,sabe que posto.
Vi um Blog,que eu achei muito interessante,fala sobre o Universo Masculino,e vi uma Entrevista,de qual o tipo de mulher que os homens evitam,acho legal,esse tipo de assunto pois,só assim,conhecemos,um pouquinho mais dos homens.
A fonte é do Blog www.testosterona.blog.br,apesar de algumas coisas,para maiores de 18,não cheguei a ver todo o Blog,mais sobre essa Entrevista achei legal.
Abaixo:



Imagine uma conversa de bar onde homens das mais diferentes idades, mentalidades e profissões elegessem aquele tipo de mulher da qual correm como o diabo foge da cruz… Acredite: apesar de diferentes, eles não toleram comportamentos muito parecidos.  Descubram quais são.
Se você não suporta homem cafajeste, que tem aversão a compromisso ou ainda aquele tipo acomodado que não quer nada da vida, saiba que eles também têm uma listinha das mulheres com quem não querem se relacionar. E na maioria das vezes elas são…
1. Carentes demais
“Poucas coisas são tão insuportáveis quanto aquela mulher que você acabou de conhecer e quer falar 12 vezes por dia ao telefone”, esbraveja Ricardo, 35, dentista. Quem concorda com ele é Alan, estudante de arquitetura de 22 anos, que acha as meninas da sua idade (ou as mais novas) “adolescentes e pegajosas demais”. Segundo Rodrigo, 29, músico, o problema não é a atenção que a mulher carente dispõe para o homem que a conquistou, mas a que cobra dele. “Muitas vezes gostamos delas e até queremos algo, mas elas sufocam tanto com necessidades e apelos que eu perco o interesse na hora”.
2. Exibidas que chegam a ser vulgares
A maioria concorda: um decote vai bem, uma minissaia também, uma blusa mais transparente provoca, mas tudo junto pode ser um terror. Fuja do look piriguete. Nilton*, 43, casado e pai de uma filha de 16 anos, têm pesadelos só de pensar nas mulheres da sua vida vestindo-se de forma exageradamente sexy. “Acho que mostrar o corpo demais denota insegurança por parte da mulher”, teoriza. Já Danilo, 26, professor de educação física, considera a exposição “coisa de quem não é bem intencionada”. E olha que ele dá aula em academia e está acostumado a ver um desfile de pouca roupa. “Acho que quem diz que gosta de exibir a própria mulher em saia colada e curta não sabe o que está falando”, diz.
3. Cheias de “nhém nhém nhém”
“É até normal ter um apelido carinhoso quando se namora e tal, mas falar como um bebê, agir de forma completamente imatura e descontrolada e amar bichos de pelúcia até quase os 30 anos é demais”, avalia Fabio, 29, analista de sistemas. Quem rompeu um caso pelo mesmo motivo foi Adriano, 21, skatista. “No começo achava meigo, depois fui ficando saturado de tanto açúcar”.
4. Maníacas por ordem e limpeza
Quando a neurose em deixar o canto e a mesa do trabalho arrumada se transfere para o relacionamento, alerta vermelho! Pelo visto, os homens adoram uma baguncinha, como conta o operador da bolsa de valores, Antonio Carlos, 27: “Não que eu goste de viver num chiqueiro, mas quando fui morar com a minha ex-namorada descobri que seria impossível viver junto, pois se ela via um pano de prato fora do lugar, tinha um ataque histérico”, reprova. São solidários à sua causa Marco Antônio, 23, que não suporta nem a mania de limpeza da mãe e Adalberto*, 49, advogado casado há 25 anos. “A diferença é que o meu casamento AINDA não se desfez com a loucura pela ordem e arrumação…”
5. As super mandonas
Há quem não sofra apenas de mania de limpeza, mas também se mostram verdadeiras chefas na sua luta diária e, dessas, eles correm como se não houvesse amanhã. “Querer tudo arrumado é uma coisa, mas querer que EU arrume tudo, sendo que não me importo nem um pouco com isso já é demais!”, esbraveja Lucas, 28, analista de marketing. “De onde eu vim não tem essa de mulher dar ordem em homem em não, principalmente em coisas de casa”, enfeza-se o taxista Jamil, 42. E as mandonas que se cuidem, pois não há orgulho que resista a uma mulher-general. “A sociedade ainda é machista e não admite que homens façam serviços domésticos, principalmente sob o comando de suas esposas”, analisa Arthur, 29, psicólogo.
6. Quem se morde de ciúmes
Um pouquinho do sentimento tempera a relação, mas o excesso faz todo mundo engasgar. “Tive uma namorada que me esperava sair da faculdade, do outro lado da rua, todos os dias, por três anos”, conta Daniel, 31, médico. “Eu achava bonitinho, pois estava apaixonado. Até que alguns amigos me alertaram de que ela estava fazendo marcação cerrada”. Dali até ela rasgar fotos e cartas de ex-namoradas e tentar invadir a conta de e-mail dele foi um pulo. “Ela chegou a deixar recados mal educados para amigas minhas (e até uma prima!) no Orkut”. E não importa a idade ou a profissão, homem tem pavor de ciumentas extremistas. “A velha história de que se estamos com uma mulher é porque realmente queremos, ainda vale”, justifica o psicólogo André, 34, que não está analisando as mulheres, apenas desabafando sobre as mesmas.
7. Loucas por calorias, dietas e afins
O próprio psicólogo puxa o papo: “E quando elas saem pra jantar e só pedem uma salada ou então negam um drinque a mais porque dizem estar de dieta?”. Pois é, se você está de regime ou conta a caloria até do ar que respira, tente ser discreta. “Não tem coisa mais chata do que fazer cara feia quando a gente aparece com uma caixa de bombom ou olhar a tabela de calorias do presente”, diz Márcio, 25, enfermeiro.
8. Interesseiras
As Marias Gasolinas não tem vez no que depender desta turma. Danilo, Antonio Carlos e Nilton já se envolveram com mulheres assim e garantem que elas não estão nem aí com os sentimentos alheios, e sim com a conta bancária. “Elas não se oferecem para dividir nada, nunca”, explica Danilo. Mas não pense que o cavalheirismo morreu, como conta Antonio: “Claro que continuaremos pagando jantares e indo buscar em casa, mas não demonstre que os bens materiais valem mais do que qualquer coisa na sua vida.”
9. Frescas demais
“Não precisa se interessar por esportes de aventura e acampamentos selvagens”, diz André. “Mas também não ache tudo nojento, hotel três estrelas uma espelunca ou churrasco com os amigos o fim do mundo”, exemplifica Lucas. Ser vaidosa e cuidar da aparência conta pontos, mas deixar de aproveitar um beijo na chuva por causa da chapinha definitivamente não está com nada.
* Os nomes com asterisco foram alterados a pedido dos entrevistados


E VCS O QUE ACHARAM DO TEXTO,CONCORDAM??

BJKOCAS

CRIS OLIVEIRA




Postar um comentário