ACNE/TRATAMENTO

O que é a acne?

Acne, é uma doença inflamatória da pele, mais frequente na adolescência, quando o nível de hormônios sexuais elevados causam o aumento da secreção de sebo pelas glândulas sebáceas, provocando o aparecimento de bolhas e pontos negros principalmente no rosto, costas, peito e também nos ombros.
Às vezes os poros bloqueados se infeccionam aparecendo bolhas cheias de pus. Muito comumente se coça ou espreme essas bolhas, causando o agravamento da infecção e podendo deixar cicatrizes.




Controle

A acne pode ser controlada através de uma higienização adequada da pele - hoje estão disponíveis no mercado inúmeros tipos de sabonetes, loções higienizantes e adstringentes para tratar a pele acnéica. Controlar a oleosidade é essencial no caso de pessoas que apresentam este problema. O uso de medicamentos tópicos (géis ou loções) é uma boa alternativa de tratamento e, em casos mais graves, podem ser usados antibióticos. Recentemente surgiu a possibilidade de tratamento com Roacutan - isotretinoína, sendo esta alternativa indicada somente para Acne de graus elevados devido ao grande número de efeitos coletarais e riscos que o medicamento apresenta, por exemplo, mulheres tomando isotretinoína não podem engravidar, sob risco de má-formação do feto.

Tratamentos

Existem muitos produtos no mercado para tratar a acne, muitos deles sem que os efeitos tenham sido comprovados cientificamente. Contudo, uma combinação de tratamentos pode reduzir muito a gravidade da acne na maioria dos casos. Os tratamentos que são mais efetivos devem ser acompanhados de perto por um dermatologista porque possuem uma maior possibilidade de efeitos colaterais. Deve-se consultar um médico especializado para escolher qual tratamento utilizar, principalmente quando utilizados em combinação. Alguns tratamentos que se mostraram efetivos:
Esfoliação da pele


A esfoliação da pele pode ser feita tanto de maneira mecânica quanto através de substâncias químicas como o peróxido de benzoíla e ácido salicílico. Elas atuam prevenindo o acúmulo de células mortas e também ajudam na desobstrução de poros afetados. Dentre os tratamentos tópicos, o peróxido de benzoíla e o ácido salicílico são as medicações mais eficientes.
Antibióticos tópicos e orais
Aplicação de antibióticos na região afetada, utilizando-se cremes e loções a base de eritromicina e ácido fusídico. Eles atuam eliminando as bactérias que se alojam no orifício do folículo piloso.
Existem antibióticos orais que são utilizados em casos mais graves baseados em outros princípios ativos.
O uso de antibióticos tem se tornado menos eficiente na medida em que bactérias P. acnes resistentes tem se tornado mais comuns. A acne geralmente irá reaparecer em alguns dias após o fim do tratamento tópico e algumas semanas após o oral


Tratamento hormonal
Nas mulheres é possível se aplicar um tratamento hormonal, que consiste na ingestão de contraceptivos orais (hormônios femininos) que neutralizam os efeitos de excessos de hormônios masculinos.
Retinóides tópicos
Agem na normalização do ciclo de vida das células do folículo, dissolvendo e prevenindo a formação de comedões. Eles não impedem a produção de sebo. Estão relacionados à vitamina A. O retinóide tópico mais utilizado em tratamentos é a isotretinoína.

Retinóides orais
Agem reduzindo a secreção de sebo das glândulas. Consiste na ingestão diária de derivados da vitamina A como a isotretinoína ou ácido isotretinóico durante um período de 4 a 6 meses. A isotretinoína tem se mostrado muito efetiva no tratamento da acne severa e pode melhorar ou curar totalmente cerca de 80% dos pacientes tratados.
O tratamento requer um acompanhamento médico bem próximo de um dermatologista devido aos efeitos colaterais (os quais podem ser graves). Os efeitos colaterais mais comuns são a desidratação da pele e sangramentos nasais (conseqüentes da desidratação da mucosa nasal). Há relatos de que a substância pode prejudicar o fígado dos pacientes. Por esse motivo é recomendável que os pacientes façam exames de sangue antes e durante o tratamento. Existem alguns relatos que sugerem que a droga pode gerar depressão, mas não há concordância na literatura médica a respeito deste risco. A droga também pode causar graves defeitos em fetos se as mulheres se submeterem ao tratamento antes ou durante a gravidez como defeitos na face, nas orelhas, no coração e no sistema nervoso do feto. Por essa razão o tratamento das mulheres é acompanhado por métodos contraceptivos ou abstinência sexual.


Cura

Embora existam métodos que levem à sua diminuição ou extinção, não existe uma cura específica, pois a acne não é uma doença específica. Sendo uma doença com base em outros eventos, a sua cura tem ramificações, daí a existência de metodologias. Reconhece-se o peróxido de benzoíla eficaz contra a bactéria da Acne. A Acne diminui com a idade e normalmente acaba depois dos 20 anos. Em casos especificos ela pode surgir mesmo depois da adolescência, desencadeada por um desequilíbrio hormonal, mais comumente apresentado em mulheres.



Postar um comentário